Blog

A Física Bandeira Olímpica

Sem categoria - Casa De Makers 10/08/2016

Você sabe o que significa a Bandeira Olímpica, por que ela é colorida e o que representa as cores?

A #CasaDeMakers sabe e vai te contar! 😉

Olimp

Criada por Pierre de Coubertin, em 1913, a bandeira contém cinco aros entrelaçados, cada um de uma cor, pois representa a união dos cinco continentes (paz mundial). Além disso, com essas cinco cores é possível compor todas as bandeiras do mundo e cada cor representa um continente, sendo: Azul: Europa, Preto: África, Vermelho: América, Amarelo: Ásia e Verde: Oceania.

Já que estamos falando de cores, você sabe como enxergamos as cores?

A luz branca (luz do Sol) é composta pelas sete cores que vemos no Arco-íris: Vermelho, Laranja, Azul, Verde, Amarelo, Anil e Violeta. Quando enxergamos um objeto, primeiramente isso significa que há um feixe de luz incidindo sobre ele, caso contrário, isso não seria possível. Ou seja, sabe quando estamos em um ambiente muito escuro, mas muito escuro mesmo, daqueles de dar medo onde só depois de algum tempo conseguimos distinguir algumas coisas? Pois é! Se estamos vendo alguma coisa, isso quer dizer que há luz no ambiente. Mas como será que isso acontece? (Guarde essa pergunta com carinho). Agora, vamos investigar…

Temos que cada objeto reage de uma forma diferente quando recebe um feixe de luz, decorrente da sua estrutura química, sendo isso o que determina a sua cor. Um objeto colorido qualquer, ao ser atingido por uma luz branca, absorve todas as cores e reflete apenas a que enxergamos. Por exemplo, na bandeira das Olímpica, quando a luz branca ilumina o fundo e enxergamos o branco, isso quer dizer que ela está refletindo todas as cores… não entendi nada. Vamos lá! Em meados de 1666, Isaac Newton (S2) descobriu que a luz branca, na verdade, é composta por outras sete cores, a do arco-íris. Mas como ele descobriu isso? Primeiro que Newton era um gênio, segundo que é possível verificar tal fenômeno quando a luz branca passa por um prisma de vidro e foi exatamente o que ele fez. A Figura 2 pode te dar uma ideia melhor do fenômeno.

Prisma

Dessa forma, quando essas sete cores atingem nosso olho humano, provocam uma sensação visual de cor branca. Ou seja, sendo bem mais claro: quando vemos algo branco, na verdade estamos vendo as sete cores do arco íris ao mesmo tempo! Fim!

Mas e as outras cores? Considerando arco que representa a Oceania, ele absorve todas as cores, mas reflete o verde. Explicando: lembra lá no começo que comentamos que cada objeto reage de uma forma diferente ao receber um feixe de luz? Pois bem, o arco verde possui uma composição química que, ao ser iluminado pela luz branca, absorve as seis cores do arco íris e reflete o verde, sendo exatamente essa a que enxergamos. Isso funciona para todas as outras cores, laranja, amarelo, violeta etc. Agora você se pergunta: “Então… tudo o que vejo é a composição de todas as cores do arco íris, menos a que estou vendo? ” Sim!!!!!!  Muito bem, você entendeu! =D

E o preto? Será que funciona da mesma forma que as outras cores? Claro que não afinal para que ser fácil se podemos complicar? Vamos lá, sem pânico. Vamos pensar que o branco é o contrário do preto, então se branco = composição das sete cores do arco íris, preto = (?). Se você respondeu que é ausência das sete cores, você está parcialmente certo, pois o conceito vai um pouco mais fundo, sendo que na verdade, o preto representa ausência de LUZ, por isso ele não tem cor; preto = ausência de luz. Pasme! O preto representa ausência de luz! Como assim??? Você nos pergunta: “Mas o Sol não está iluminando a bandeira? Não tem luz ali???? ” Sim, te respondemos, mas te perguntamos: “Você consegue ver cor no escuro? ”. Vá e tente! Feche todo um ambiente, portas, cortinas e janelas, deixando-o o mais escuro possível e veja se consegue ver a cor de alguma coisa. Pois é! Certamente não conseguiu! A cor preta, na verdade, indica que toda a luz está sendo absorvida e consequentemente todas as cores também, de forma que nenhum feixe de luz está sendo refletido, sendo assim, o preto não tem luz. A Figura 3 dará uma ideia melhor desse fenômeno. Agora, quando você olhar para o arco da África, se lembre do que falamos aqui. 😉

 

Explicacao

Ah!! O lugar escuro!!! Lembram-se dele? Então, agora precisamos ter uma noção breve de anatomia.

Nossos olhos são compostos por duas estruturas principais que nos fazem distinguir as cores: os cones e bastonetes. O primeiro é sensibilizado com grandes quantidades de luz e geram imagens nítidas e coloridas. Já os bastonetes tratam-se de células que precisam de menos luz para se sensibilizarem, porém não conseguem formar imagens nítidas e coloridas burros. Por esse motivo que em ambientes muito escuros é realmente difícil distinguir cores e de focar imagens, pois somente os bastonetes estão sensibilizados. A Figura 4 tem a representação do nosso olho humano, com o destaque para os cones e bastonetes.

 

Olho

E aí? Ficou um pouco mais claro sobre a Física da Bandeira Olímpica? Você imaginou que havia tanta ciência por trás disso? Na verdade, a Física (S2) está muito mais presente na nossa vida do que conseguimos imaginar.

 

Agora um pouco de #CulturaInútil.

Quais são as cores do arco-íris mesmo? (Pense, pense).

Vamos te ajudar: Vermelho, Laranja, Azul, Verde, Amarelo, Anil e Violeta. Lembrou?

Ok, agora me responda: que raio de cor é Anil? Sério! Qual a diferença entre Anil e Azul?

Por toda a vida aprendemos o arco-íris tem 7 cores, mas o porquê disso?

Acontece que Newton era um carinha meio místico e acreditava na numerologia: 7 sábios da Grécia, 7 pecados capitais, 7 virtudes…. e…. 7 cores, pronto. Ou seja, o arco-íris tem sete cores simplesmente porque o tio Newton acreditava que “7” era um número perfeito.

Fechou! Não acredito mais em nada dessa vida xD

 

Aguarde nossos próximos posts para aprender mais.

 

Rebeca Omelczuck

Contribuição de Ana Zanchetta =)

 

Sites de referências.

http://www.brasil2016.gov.br/pt-br/olimpiadas/uma-disputa-milenar

http://www.infoescola.com/fenomenos-opticos/como-surgem-as-cores/

http://collections.ushmm.org/search/catalog/pa26636


Comentários