Blog

Abertura Olimpíadas

Sem categoria - Casa De Makers 21/07/2016

Estamos em um período em que não se fala em outra coisa: Olimpíadas, Esportes, Tocha Olímpica, #NãoVaiTerCopa, e essas coisas. Mas além das coisas bizarras que presenciamos como tentativa de apagarem a tocha, pessoas caindo e policiais atropelando os guardiões dela, estamos prestes a ver um show de física acontecendo a cada segundo durante o evento.

A Casa de Makers, considerando este momento histórico, aproveita para lançar o seu novo Blog, em que teremos uma Edição Especial – Olimpíadas – e iremos destacar um pouco da física envolvida em alguns esportes.

Mas, já que a Olimpíada já começou, que tal começarmos com algo mais histórico?

Você sabia que as Olimpíadas têm uma força tão grande que nem mesmo a Organização das Nações Unidas (ONU) consegue reunir tantas nacionalidades em uma localidade e que tudo começou em 776 a. C., com uma homenagem aos deuses do Olimpo? Os gregos encontraram uma forma de reunir as pessoas de sua cidade de forma pacífica para fazerem uma homenagem ao deus Olimpo por meio de jogos, onde a única prova, que acontecia em Olímpia, tratava-se de uma corrida de 150 metros. Avançando no tempo, na velocidade da luz, em 1896, em Atenas, na Grécia, foram realizados os primeiros jogos olímpicos modernos.

E o revezamento da tocha? Você sabe de quem foi a brilhante ideia? Dica: foi um alemão! Não? O revezamento foi sugerido por Theodore Lewald, em 1936. A foto dele está ai heim!

 

Foto 1_Olimpiadas

Além disso, temos outras coisas superengraçadas no histórico das Olimpíadas. Você sabia que havia a modalidade de Cabo de Guerra? Pois é! Aquela brincadeira mega antiga foi disputada até 1920. Além disso, havia também a modalidade de tiro ao pombo, onde ganhava a medalha de ouro quem matasse mais pombo em menos tempo. Mas isso foi em 1900, pois hoje seria crime ambiental mesmo detestando pombos.

Foto 2_Olimpiadas

Em 1900, havia a modalidade de “nado submarino”, que era disputado no Rio Sena, em Paris. O objetivo era nadar sem levantar a cabeça para respirar, onde cada metro valia um ponto e cada segundo dava um ponto extra ao competidor. Durante o período de competição, o vencedor nadou por cerca de 1 minuto e percorreu 60 metros.

Mas fora essas curiosidades, temos muito ainda do que falar. Você sabe algo sobre a bandeira? O que ela significa? Por que tem cinco arcos coloridos e entrelaçados? Você sabe a física por trás da bandeira Olímpica? Não! Aguenta aí e aguarde nosso próximo post. =D

 

Escrito por: Rebeca Omelczuck

 

 

Referências:

http://mundoestranho.abril.com.br/materia/quais-foram-as-provas-mais-bizarras-da-historia-das-olimpiadas

http://collections.ushmm.org/search/catalog/pa26636

http://www.historiadigital.org/curiosidades/15-curiosidades-historicas-das-olimpiadas/

 


Comentários